quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Laranja - a fruta que irradia um espectro de propriedades curativas


Se eu olhar com atenção o livro da Natureza, para dele aprender sobre o Homem, intuitivamente atrevo-me a dizer que a fruta é o alimento principal para o organismo humano, é dos poucos alimentos que ao serem colhidos não sacrificam nenhum ser vivo. Neste momento estamos, nós e a fruta,  tão degenerados que dificilmente conseguíamos viver somente dela, mas isso não muda a contínua necessidade que temos de a consumir. A fruta não é uma sobremesa, a fruta é uma refeição, é para ser consumida em quantidade, varias peças por dia.

Hoje, apresento-vos a Laranja, uma "bola feita de energia do sol" que nos irradia um espectro de propriedades curativas, entre elas a tão conhecida e necessitada Vitamina C.
A laranja contêm uma variedade de nutrientes a ser cada vez mais reconhecidos como essenciais para a saúde humana, mesmo sem ciência, os antigos sabiam disso e consideravam a laranja tanto um alimento como um medicamento, o que hoje se chama de alimento funcional. Faziam a cura das laranjas, que consistia em comer varias laranjas como substituto das refeições. O objetivo era fazer com que os órgãos eliminadores realizassem a sua função depuradora e a expulsão das toxinas. Acreditavam que a laranja nunca podia prejudicar, antes pelo contrario, devido ao seu grande conteúdo em substâncias curativas e depurativas ajudava de um modo especial a expulsão das impurezas do corpo, dos órgãos, dos tecidos e do sangue, de tal maneira que todos os transtornos  e todas as doenças causadas por essas toxinas podiam ser curadas ou quando menos notavelmente aliviadas.

A laranja tem vitamina C, mas vitamina C não é o redutível esqueleto químico conhecido por ácido ascórbico, antes é um nutriente que quando ingerido num alimento, como por exemplo numa laranja, é um nutriente vivo, feito pela natureza, pode ter a formula química do acido ascórbico, mas vitamina C produzida naturalmente, na natureza, dentro de uma laranja é uma orquestra de substâncias , obra de milhões de anos de evolução e fruto de um inteligente design biológico, por isso não é com certeza igual à produzida em laboratório.

Estudos científicos comprovam que:
- Que comer laranjas melhora os níveis de colesterol.
Embora seja discutível os níveis certos de colesterol, o certo é que o estudo comprova que a laranja diminui o colesterol, ou melhor o estudo comprova que há uma melhoria nos níveis de todas as gorduras no sangue. 

- Suco de laranja aumenta a densidade óssea.
Um estudo de 2006 com ratos comprovou que a laranja influencia positivamente os valores antioxidantes e a resistência óssea. 

 - Suco de laranja reduz a inflamação
Um estudo de 2009 descobriu que o sumo de laranja reduz a proteína C-reativa e os níveis de fibrinogénio, duas medidas da inflamação sistémica.

 - Laranja ajuda a dissolver Pedras nos rins

 - A laranja pode ajudar no tratamento da hiperplasia prostática benigna.

Podemos concluir " que todos temos de comer laranjas", mas lembrem-se que embora a ciência não concorde, a antiguidade sempre defendeu que " laranja de manhã é ouro, ao meio-dia é prata e à noite mata" e pode haver aqui muito de verdade, não que a laranja mate, mas que não seja tão benéfica, visto a laranja ser uma fruta yin, fria por isso deve ser consumida quando a energia do dia tende a crescer e não a diminuir como acontece à noite.

Também pode ler:

Grama de Trigo - Medicamento Verde

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

O que fazer quando uma criança chega a casa a espirrar e com tosse?


Quando uma criança chega da escola abatida, tremula com frio, mãos frias, pingo no nariz, espirros e alguma tosse, é sinal de resfriado o que em Portugal se chama de constipação.

O que pode fazer?
 - O jantar da criança deve ser uma sopa, de preferência feita na altura. Uma sopa com alimentos que tendam a ajudar o corpo na sua sintomatologia como por exemplo esta:
Fazer um puré com 1 batata, 2 cenouras, 1 cebola grande, 4 dentes de alho, cozer, passar e acrescentar folhas de agrião.


- Se a criança chegou com frio, faça-lhe um escalda- pés. Sente-a numa cadeira e coloque os seus pés numa bacia com agua quente. Comece com agua morna e depois vá acrescentando quente conforme a tolerância da criança, deve estar de 15 a 20 minutos. Seque bem os pés e calce umas meias.


- Enquanto faz o escalda-pés, também pode fazer vaporização nasal. Faça um cozimento de folhas de eucalipto, deite numa bacia e faça a criança respirar os vapores com uma toalha por cima da cabeça. No lugar das folhas de eucalipto também pode usar 2 gotas de óleo essencial.

- Dê-lhe chá de Orégão, ao qual pode acrescentar 1 pau de canela e uma rodela de casca de limão. Adoce com mel.

- No quarto onde a criança vai dormir, coloque na mesa de cabeceira um pires com uma cebola cortada em pedaços.

- Ao deitar a criança, unte as plantas dos pés com Vick Vaporub, e calce umas meias.

- Aconchegue a criança, dê um beijinho ternurento e diga: "amanhã estás bom, vais poder brincar com as outras crianças, te amo meu filho."

E, simplesmente desta forma, o resfriado se foi. 

Também pode gostar:

- O Glúten pode Iniciar e Perpetuar Doenças

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Crataegus - a planta do Coração


A doença que mais mata, que mais traz problemas são as doenças cardiovasculares e muito se tem falado de como prevenir esta doença, porque há realmente muito a fazer, mas hoje só vos venho falar de uma ação terapêutica - a fitoterapia.

Se temos de agir no corpo, controlando alguns sintomas, então que o façamos com fitoquímicos, com princípios ativos das plantas, com "coisas" criadas pela Natureza e não em laboratório, aquilo que é criado pelo homem e não existe na Natureza é para o nosso corpo um "ET" ou seja um extraterrestre, nossa genética desconhece, nem sei como é que sobrevivemos a tanta invasão.

Continuando com aquilo que quero falar, que é da planta do Coração - Crataegus Oxyacantha, conhecida em Portugal por Pirliteiro. O recurso a esta erva para fins medicinais, faz-se desde de tempos remotos, logo já provou que era segura para o organismo humano.
Faz-me um pouco de confusão, algumas pessoas terem receio de tomar uma planta que tem sido tomada por mais de dois mil anos e não terem medo de ingerir um "medicamento" que na maioria das vezes nem cinco anos de historia tem, que ainda não provou a sua segurança. Enfim...são só divagações.

Na historia, o Crataegus tem sido usado para varios fins, mas no ano de 1896 o Dr. Jennings escreveu o primeiro artigo sobre as propriedades cardiotónicas do Crataegus, que foram comprovadas em vários estudos científicos a partir de 1960.
O medico e professor Rudolf fritz Weiss no seu livro Herbal Medicine de 1989 diz que o Crataegus é indicado nas anginas de peito, que tendem a desaparecer com a toma continuada, na hipertensão, nas arritmias cardíacas e como acompanhamento dos enfartes do miocárdio.

Os extratos de Crataegus são utilizados para reduzir a insuficiência cardíaca, a angina de peito, a hipertensão arterial, os níveis de colesterol e a tão temida deposição de colesterol  nas paredes das artérias. Os seus efeitos benéficos parecem estar relacionados com um maior suprimento de sangue no coração devido à dilatação das artérias coronárias, e por uma melhoria nos processos metabólicos que levam a uma maior força contrátil do musculo cardíaco, eliminando assim alguns distúrbios do ritmo circadiano, assim como pela inibição da enzima conversora da angiotensina.
A capacidade desta planta dilatar os vasos coronários tem sido demonstrada em vários estudos.
A melhoria dos processos metabólicos do coração é resultado, por um lado do aumento da oxigenação do miocárdio e, por outro lado das interações dos flavonoides com enzimas, nomeadamente com a fosfodiasterase.
O Crataegus também tem uma ação positiva ao inibir a bomba Sodio/potasio, proteína integral da membrana que mantem o potencial de repouso cardíaco por ação do ácido ursolico. Ao se inibir esta bomba ocorre maior quantidade de cálcio intracelular e consequentemente um aumento da contração muscular.
Quando o musculo cardíaco está com falta de oxigénio ocorre um mecanismo fermentativo com produção de acido láctico, o que nós chamamos de angina de peito. Neste caso o Crataegus é extremamente benéfico visto que por um lado dilata os vasos coronários  e por outro possibilita uma melhor utilização do oxigénio que leva a uma diminuição dos níveis de acido láctico no tecido cardíaco.

Se você tem doença cardiovascular, e seu medico ou seu cardiologista nunca lhe falou na planta de Crataegus, ou até desaconselhou, é porque desconhece, não tem informação acerca deste assunto e por isso não pode nem sequer ir contra. O extrato de Crataegus foi aprovado pela Comissão Europeia e é frequentemente usado por médicos Europeus em caso de insuficiência cardíaca das classes I e II, na angina de peito, na hipertensão e nas arritmias.
A dose diária pode ir até 900 mg por dia.

Um fator importantíssimo e a não esquecer é que - sem inflamação não há doença cardiovascular - e o Crataegus é anti-inflamatório.
Depois de tudo esta planta que é uma arvore, ainda tem propriedades gastroprotetoras e hepatoprotetoras, ajuda o nosso estomago e o nosso figado, além de muitas outras atividades e todas elas boas para o nosso corpo.
Que mais posso dizer? Que pensem nisto, se não quiserem confiar, pesquizem, vejam como a Natureza é Mãe.

Se tem 30 ou 40 anos e começou a ter os seus níveis de tensão arterial altos, se sente cansaço ao fazer esforço, dor no peito, ou se sofre de aterosclerose, insuficiência cardíaca, está na hora de rever sua vida, fazer uns ajustes na alimentação, pensar em exercitar o corpo, apanhar sol e tomar  Crataegus. 

Também pode ler:

- Será que precisa de tomar medicação para a Pressão Arterial? Os valores mudaram para pessoas com 60 anos.




segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Limão - o fruto da Saúde


Continuar a alimentar o corpo da mesma maneira e querer que este se torne diferente é um sonho que duvido que se realize.
A pessoa tem um problema de doença, seja ela qual for e não se interroga sobre como tem vivido, não muda nada, continua a comer da mesma maneira, a pensar igual e viver o mesmo estilo de vida, com certeza que essa doença vai continuar.

Quer aceitemos ou não, o bom senso mental não pode negar que a alimentação tem um papel crucial na saúde, e que os alimentos agem profundamente dentro do nosso corpo, são eles ou melhor é a informação que eles contêm que vão dizer ás nossas células e aos nossos genes como eles têm de se comportar. Por isso todas as doenças sejam elas classificadas de físicas ou mentais se curam ou melhoram com uma alimentação adequada à maquina humana.

Um alimento que ocupa o primeiro lugar entre as frutas curativas é o limão, considerado sagrado pelos Ayurvedicos.
É uma joia que a Natureza põe ao nosso dispor.
Pelo que me apercebo, não é sempre visto assim, e há até quem pense que ele prejudica o estomago, o fígado, que faz mal à vesicula, etc...
Errado...quem pensa isto nunca tomou limão.
O limão desempenha um efeito importantíssimo como "destruidor de ácidos", porque estimula a produção de carbonato de potássio no organismo, o que neutraliza acidez nos líquidos que banham as nossas células. Sem acidez nos tecidos, não há dor, não há inflamação, não há nenhuma ...ite, as bactérias, os fungos e os vírus só se instalam em tecidos ácidos.
Mas, se o suco de limão é acido, como é que tira os ácidos no nosso corpo?
O limão tem um principio ativo chamado ácido cítrico, que quando chega ao nosso estomago e é digerido se comporta como um alcalinizante e assim neutraliza a acidez interna, por isso ele é particularmente eficaz na acidez de estomago. Quando lhe doer o estomago não pense em mais nada, esprema meio limão e beba.

Quando não se sentir bem, em qualquer sintoma ou problema não hesite em tomar limão. Tanto crianças como adultos devem fazer uso do limão.
Lembre-se disto - em todas as doenças o limão é rei, ele só pode ajudar. Há livros só a falar do limão.

O limão é embalado pela Natureza com vitamina C, Vitaminas do complexo, potássio, ferro, cálcio e magnésio, e além de tudo isto que é medido, também é um reservatório de energia solar, energia essa que ao ser consumida chega ás nossas células.
Convém usar limões "caseiros" sem muitos pesticidas.

 Vejamos alguns dos benefícios de beber sumo de limão:
- Reduz a inflamação
A esmagadora maioria dos sintomas de doenças são inflamações, e o limão tem propriedades antiinflamatórias, pois como já referi o sumo de limão neutraliza acidez que é a principal causa de inflamação dos tecidos.

- Ajuda a perder peso
Ao beber sumo de limão, ele reequilibra energeticamente o estomago e a pessoa não terá ataques de fome. Também ajuda na limpeza do fígado, além de estimular a produção de bile, o que previne a formação de  cálculos biliares e uma melhor metabolização das gorduras alimentares assim como uma melhor evacuação intestinal.

- Ajuda o sistema imunológico/ linfático
Beber agua com limão ajuda qualquer dor de garganta, porque tem propriedades antibacterianas, trabalha com o sistrema imunológico para intercetar e eliminar os micróbios patogénicos. Beber agua com limão ajuda o sistema linfático, e é ele que recolhe o "lixo" do corpo.

- Pode reduzir as infeções fúngicas na boca
 Um estudo publicado na revista International Journal Of Fitoterapia designou o sumo de limão o meio mais eficaz para a candidíase oral ( sapinhos) em pacientes com HIV.

- O consumo diário de sumo de limão diminui a prisão de ventre e o mau hálito.

- Pode reduzir o risco de cancro de esófago
O limão contêm flavonas, que está associada a uma diminuição de cancro de esófago.

- Ajuda a reduzir os cálculos renais
Pesquisadores do Hospital de Istambul defendem o sumo de limão como uma alternativa viável para o citrato de potássio no tratamento de cálculos renais.

Para a Medicina Natural qualquer tratamento inclui limpar, nutrir e regenerar, por isso em qualquer tratamento entra o limão, ele limpa e ele nutre, é disto que precisamos.
Não estou a dizer que a pessoa bebe sumo de limão e fica boa, não é isso e não é desse jeito, estou a referir o que é defendido desde a Antiguidade, que o Limão faz parte daqueles alimentos que desde de sempre se defendeu como os melhores para cuidar da Saúde e se nós cuidarmos da saúde o corpo cuidará da doença.


Também pode ler:

Tratamento Natural da Colite Ulcerosa

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Respirar - um grande fator da saude


Ninguém vive sem respirar.
Respirar é uma característica básica dos seres vivos, respiramos 24 horas por dia, e é tão importante que a Natureza não deixou ao encargo da mente, é uma ação automática sem nenhum esforço consciente. Você respira e nem lembra.

Nos dias frios e com vento como o de hoje, convém respirar pelo nariz, com a boca fechada, pois o nariz é o guardião dos pulmões, aquece o ar demasiado frio e retém suas impurezas.


Nas doenças cronicas, onde o desequilíbrio interno é muito grande, convém a pessoa se dedicar diariamente a um tipo de respiração profunda, existem muitas técnicas e exercícios como a Pranyama. Tudo o que fizermos que leve o corpo a se oxigenar melhor é sempre uma mais valia na Saúde. Já Hipócrates dizia que " o ar é o primeiro alimento e o primeiro medicamento".

Também pode Ler:

Lei da Saúde Nº 1 - Respirar sempre AR PURO