quinta-feira, 18 de abril de 2013

3 Segredos para conseguir uma barriga lisa

imagem copiada net

O abdómen dilatado pode dever-se a vários fatores; pode existir uma acumulação de gordura ou uma dilatação dos órgãos.
Sim!
Os órgãos aumentam de volume, sempre que têm dificuldade em efetuar a sua função, é a forma de continuarem a funcionar.
Muitas pessoas ao acordarem de manhã têm o ventre plano e com o avançar do dia, com os alimentos que vão comendo, sua barriga vai-se dilatando, o que indica sempre um mau funcionamento do aparelho digestivo.
Mas, podemos ajudar, conseguir uma barriga bem lisinha, para  o verão que se aproxima, fazendo estes três tratamentos:

Exercício

Fazer duas vezes ao dia o exercício indicado na figura; os exercícios abdominais tonificam os músculos da barriga, o que ajuda todo o aparelho digestivo, como diminui a gordura localizada.
Começar com poucos e ir aumentando gradualmente.
Este exercício é incrivelmente efetivo.

Toalha Molhada
A Hidroterapia apresenta-nos um tratamento bem fácil, mas com excelente resultado.
Molhar uma toalha em agua fria (da torneira), escorrer bem; aplicar sobre o abdómen (sobre a área mais dilatada) e por cima uma toalha seca. Dormir toda a noite assim.
Pode vestir o pijama ou a camisa de dormir por cima.
Tão simples quanto isto.
Não acredita?
Meça o perímetro, faça durante 9 dias seguidos e volte a medir, desta forma tira as suas conclusões.

Massajar com Álcool de Vitaminas
Para fazer o Álcool de vitaminas precisa:
  - 100 gr. de cenoura ralada
  - 1 colher de sopa de folhas de Alecrim
  - 1 colher de sopa de Lavanda
  - 1 colher de Erva de São João ( hypericum perforatum)
  - 1 colher de sopa de Arnica
  - meio litro de álcool a 96º
  - 1 copo de sumo de limão espremido na altura.

O alecrim e a lavanda pode apanhar em qualquer jardim, pois precisa de muito pouco, a erva de são João e a arnica, penso que tem de comprar em ervanária; o álcool a 96º é o mais comum, mas pode pedir na farmácia.

Como fazer?
Coloca-se  os ingredientes numa garrafa com tampa, pela seguinte ordem:
- a cenoura ralada, o alecrim, a lavanda, a erva de são joão e a arnica; depois junta-se o álcool e por fim o sumo de limão.
Tapa-se  e agita-se.
Deixa-se por 15 dias num lugar escuro e fresco.
Deve-se agitar uma vez por dia.
Passados os 15 dias filtra-se e dura para toda a vida, nunca se estraga.

Este álcool de vitaminas, vai ser o nosso tónico abdominal, todos os dias após o banho (se quiser também pode fazer à noite), massajar com este liquido no sentido do ponteiro dos relógios, toda a barriga, até absorver.
Dizem que faz maravilhas.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Uma ajuda para a Diabetes tipo-2

imagem copiada net

A Diabetes tipo 2 corresponde a 90% dos casos de diabetes.
É uma doença de comportamento baseada em maus hábitos alimentares, sedentarismo e stress, ultimamente também se apontam como causa os produtos químicos introduzidos nos alimentos.
Considera-se uma doença metabólica, na qual o doente tem insulina, mas apresenta resistência a esta mesma insulina o que leva à Hiperglicemia.

Vários estudos têm sido feitos, nos quais se descobriu que os participantes que comiam mais alimentos ricos em Ómega 3 apresentavam níveis mais baixos de resistência à insulina.

Pesquisadores acreditam que a dieta que está a ser seguida no Mundo Ocidental é muito rica em Ómega-6, come-se muita margarina, muitos fritos, muitos doces, entre outros malfeitores; e pobre em alimentos ricos em Ómega-3.

A Clinica Mayo, apoia fortemente a ingestão de Ómega-3; concluiu que as pessoas que comem alimentos ricos nestes óleos essenciais ou que tomam suplementos (prefiro os alimentos) vivem mais tempo e têm menos ataques cardíacos.
Acrescentam que apenas 2 capsulas de Ómega-3 por dia reduz a resistência à insulina, a inflamação sistémica, diminui a dor e a inflamação presentes nas artrites.

Os nutricionistas recomendam como alimentos ricos em ómega-3, os peixes, entre eles o salmão; no entanto não esqueçamos que o salmão vem todo de aquicultura o que para mim muda toda a opinião; penso ser preferível peixes como a cavala, o carapau e a sardinha; além disso o cozimento altera toda a estrutura do alimento, por isso não frite, prefira grelhado e mal.
No entanto, o povo português já come bastante peixe, portanto acho preferível buscar outras fontes de Ómega-3 como as sementes de Linhaça, sementes de chia, avelãs, nozes, gérmen de trigo, e os vegetais de folha verde escuro.

terça-feira, 16 de abril de 2013

2ª Lei da Saúde - Comer Naturalmente

imagem copiada net

Já no séc. V A.C. os egípcios acreditavam que os alimentos constituíam a origem de todas as doenças.
Galeno, um medico celebre, considerava que era fundamental para se ter uma vida grande e saudavel, uma adequada escolha dos alimentos.
No sec. X, um dos poemas da escola de Salermo dizia: " se não há medicos, sejam os teus medicos estas tres coisas: mente alegre, descanso e dieta moderada"
A convicção de que a dieta era um elemento fundamental na saúde e na longevidade esteve sempre presente, não é algo novo, bem pelo contrario é algo que neste momento pode ser comprovado pela ciência.

A Alimentação,  que é aquilo que colocamos varias vezes ao dia para dentro do nosso corpo, vai com certeza fazer diferença na nossa Vida, é o combustível de todas as nossas células, se este não for de qualidade, que qualidade terá o nosso corpo? Como afetará isso a nossa mente? E a nossa saúde?

Para a Medicina Natural, sempre que algo não vai bem, questionamos que alimentos temos ingerido, por exemplo na asma, na artrite, na diabetes, nas doenças cardiovasculares, no cancro, todas elas entre outros fatores têm como diagnostico uma má nutrição.
Para mim não há tratamento nem cura, se não houver uma alteração na alimentação; a ideia de que tanto saudáveis como doentes podemos comer tudo representa bem a frase:" com os dentes o homem cava a sua própria sepultara". Poder comer tudo, podemos, mas não nos convém, além disso não é inteligente continuar a fazer as mesmas coisas e querer obter resultados diferentes; se um determinado estilo de vida incluindo a alimentação nos levou a uma doença grave, querer se curar e não mudar nada, não tem como base um raciocínio logico.

Mas, então se não podemos comer tudo aquilo a que temos acesso e que é chamado de alimento, o que comer?
Bem, aqui começa a confusão. O tema tem sido abordado por diversas filosofias e ideias, normalmente contraditórias, que acabam por confundir as pessoas.
No meu caso, durante anos tive duvidas, mas depois de muito pesquizar e até experienciar, cheguei aquilo que considero ser o certo para a fisionomia do ser humano - uma alimentação de alimentos naturais - uma alimentação que possa manter a Saúde ou ajudar a recupera-la.

Uma alimentação agradável, no seu estado natural, sem necessidade de muitas transformações. O Alimento natural deve ser comido tal qual a Natureza o oferece.

A alimentação que eu defendo é aquela que para mim está de acordo com a fisionomia humana; ao estudarmos os gorilas na selva, verificamos que o seu material genético assim como o seu aparelho digestivo  são muito semelhantes ao nosso; por isso é inteligente olharmos a sua alimentação; uma alimentação baseada em frutas, folhas, raízes e sementes.

O primeiro livro da bíblia em Genesis 1:29 diz: " Eis que vos dou toda a erva que dá semente sobre a Terra e todas as arvores frutíferas que contem em si mesmas sua semente, para que vos sirva de alimento."

Há quem defenda que ao fazer-se cozinheiro , o homem adoeceu, transformou a sua integridade biológica e abreviou a sua existência.
Lezaeta disse: " a mentira mais convencional da nossa civilização é a mentira do alimento cozinhado; sobretudo a carne."

O que comer?
A variedade é muita, mas assenta em quatro grupos:
 - Fruta - todo o tipo de fruta. Deve-se preferir fruta da época e da zona geográfica onde se vive.
 - Vegetais - couve, brócolos, alfaces, couve-flor, cenoura, beterraba, agrião, espinafres, nabo, rabanetes, algas, brotos e toda a folha ou raiz comestível na sua forma natural.
 - Sementes - Linhaça, sementes de abóbora, de girassol, de sésamo, entre outras; as sementes podem ser germinadas, como a semente de alfalfa e tornar-se um alimento riquíssimo.
 - Frutos secos - amêndoas, avelãs, nozes, caju, castanha do Pará, entre outros.

Estes alimentos devem ser, sempre que possível consumidos crus, na forma que são oferecidos pela mãe Natureza; eles trazem na sua composição as enzimas especificas para ser digeridos, as vitaminas e sais minerais para serem rapidamente assimilados.
Quando cozemos, refinamos, transformamos um alimento estamos a formar um alimento impróprio para o nosso organismo, que podemos tolerar, mas que não proporciona vida ás nossas células.
O Dr. Alberto Gonzalez é um medico Brasileiro, com mestrado e doutoramento pelo Instituto de Pesquiza Cirurgica da Universidade Ludwig Maximilian de Munique na Alemanha e escreveu um livro com o titulo " Lugar de medico é na cozinha"; onde defende uma alimentação natural, crua como forma de curar e prevenir doenças.

Não se passa de um dia para o outro para uma alimentação deste tipo, mas podemos ir dando passos:
- Aumentar a quantidade de fruta; substituir o pequeno-almoço ou o jantar por fruta; comer 4 maçãs ou 4 bananas o que precisar.
 - Aumentar a quantidade de crus; iniciar sempre uma refeição com um bom prato de salada, mesmo que tenha de comer peixe e legumes.
- Não cozinhar demasiado os legumes.
- Começar o dia com um suco verde.
- Deixar ou diminuir a carne e o peixe.
- Desistir dos lácteos, substituir por leites vegetais feitos em casa.
- Abandonar toda alimentação refinada, preferir os integrais.
Fazer isto é um excelente começo, é a prova que nos amamos, que queremos viver com respeito pelo nosso corpo.
As pessoas que sofrem com doenças cronicas, pensem nisto, pelo menos façam a experiência durante um tempo e tirem as próprias conclusões.

O Dr. Kirchner disse: " Sua alimentação determina em grande medida por quanto tempo você viverá - o quanto você aproveitará a vida e quão bem sucedida sua vida será."

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Lei da Saúde Nº 1 - Respirar sempre AR PURO

imagem copiada net

Dizia Hipocrates:
 " O ar puro é o primeiro alimento e o primeiro medicamento."
Sem ar, o Homem morre.
O ar é o elemento mais valioso; podemos viver semanas sem alimentos, dias sem agua, mas privados de ar, sucumbimos em poucos minutos.

A  observação do modo de vida atual mostra que o homem não se conscientizou da importância  que o ar tem como fonte de energia vital; podemos observar a modernice atual do ar condicionado.

O ar deve entrar no nosso organismo pelo pulmão e pela pele.
A pele é um segundo pulmão e um segundo rim, absorve normalmente a 4ª ou 5ª parte do oxigénio que necessitamos e expele de forma análoga os desperdícios do nosso desgaste orgânico; para isto é necessário que a pele esteja em contato direto com o ar, por isso aconselha-se os banhos de ar (em breve exemplificarei o banho de ar) e não usar-se roupas muito apertadas ao corpo.

A respiração deve ser feita pelo nariz, com a boca fechada, pois o nariz é o guardião dos pulmões, aquece o ar frio e retém as impurezas.

Ter atenção ao Ar, é algo que não é muito referido; ninguém se preocupa muito a não ser que se sinta mal.
Se estacionarmos num parque de um Centro Comercial, tipo -1 ou -2, apercebemo-nos que o ar não é de todo o mais saudável, ficamos com dor de cabeça, tossimos, etc... no entanto não morremos e até existem pessoas a trabalhar nestes locais. Mas entre um extremo e outro existe o meio termo, que é uma respiração insuficiente, tanto pela qualidade do ar como pela forma como respiramos; e normalmente a este meio termo, nós não damos importância.

Quando não respiramos corretamente debilitamos nossa Saúde, como é referido na enciclopédia de saúde "The Ministry of Healig" onde a autora diz: " Para se ter bom sangue, devemos respirar bem. As inspirações profundas e completas de ar puro, que enchem os pulmões de oxigénio, purificam o sangue e impulsionam a corrente da vida a todas as partes do corpo. A boa respiração acalma os nervos, estimula o apetite, torna mais perfeita a digestão, produz sono saudável e reparador.
Quando se vive com uma quantidade insuficiente de oxigénio, a circulação do sangue torna-se mais lenta; os produtos tóxicos do desgaste que deviam ser eliminados pela expiração ficam dentro do corpo e toxicam o sangue. Não são só os pulmões que ficam afetados, mas também o estomago, o fígado e o cérebro.
A pele fica pálida, a digestão é retardada, o coração se deprime, se embacia o cérebro, os pensamentos ficam confusos e o organismo inteiro fica deprimido e inativo, particularmente exposto à doença."

A casa onde vivemos tem de ser, estar bem arejada, principalmente o quarto de dormir; o ideal era dormir de janela aberta, para que houvesse sempre uma constante renovação de ar.
Infelizmente dou-me conta que as pessoas além de não dormirem de janela aberta, ainda passam dias, talvez semanas sem abrirem os estores e sem arejarem o quarto, onde dormem pelo menos 8 horas diárias e a respirar ar viciado.
E, neste momento a tendência vai para bloquear ainda mais, pois muitas famílias procuram janelas que vedem na totalidade, janelas que não permitam a menor entrada ou saída de ar, como forma de poupar energia, ou seja durante o inverno mantêm os aquecedores acesos para que a temperatura fique amena, e com a calafetação das janelas a temperatura não desce, poupando desta forma energia. Mas, e o ar? Quanto tempo fica a casa fechada? Será que ninguém tosse nesta casa? E não sente dores de cabeça?

Estou de pleno acordo com o Doctor Phillip Welsh que disse: " Qualquer forma de tratamento de saúde que não deia a maior importância à coisa mais fundamental da vida que é - respirar ar puro profundamente - falhará miseravelmente em obter os melhores resultados".

Devia fazer parte da nossa rotina, as "respirações do acordar", devíamos abrir uma janela, ir até à varanda, ao quintal, ficar em contato com o ar da rua e fazer varias respirações profundas. Durante o dia repetir e  muito importante seria não esquecer de ensinar isto aos mais pequenos.

A respiração alimenta os nossos sentidos, as nossas funções orgânicas, nossas células, nossos órgãos, etc.
Ela é o que nos mantém vivos.
Respirar foi a primeira coisa que fizemos ao entrar neste mundo e será a ultima que iremos fazer.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Lei Natural

imagem copiada net

Toda a Natureza é um conjunto de partes de um "SER" vivo.
Os seus elementos estão relacionados entre si; a terra, o ar, o sol, a agua, os animais, o Homem e cada um deles mantem o equilíbrio com os restantes.

Para que a Grande Natureza se mantenha  perfeita e em equilíbrio são necessárias Leis; Leis que orientam a orbita dos astros, que marcam as estações do ano, que dirigem a vida  desde do elefante ao menor micro-organismo. Chamamos a estas leis a LEI NATURAL, e acreditamos que ela também rege a VIDA DO HOMEM.

Lezaeta dizia que " a LEI NATURAL é a vontade do Criador que impõe ao homem uma norma para cumprir o seu destino moral e físico."
Para mim a LEI NATURAL é algo profundo e até misterioso, mas ao mesmo tempo bem simples de sentir e seguir, por isso todos os seres irracionais a cumprem, é a Grande Força que faz com que tudo seja como é.
Por isso é urgente evoluirmos, é urgente agirmos de acordo com a Natureza, e usarmos a Lei Natural com subtileza, nunca com a força.

Todas as mazelas do Ser Humano surgem pelo não cumprimento desta LEI NATURAL.
Não foi só aqui, no Ocidente que se chegou a esta conclusão, vejamos o Taoismo, que ensina que temos de seguir o Caminho, que não são mais que as LEIS NATURAIS do TAO.

Quando ficamos doentes, usamos nossa energia na busca de um "remedio" para acabar com os sintomas, queremos fazer exames, saber o que temos, o que fazer para acabar com aquilo  que é danoso e nos incomoda. E, assim fugimos a uma questão importante, que é COMO RESTAURAR A SAUDE?

A Medicina Natural nasceu baseada no respeito pela LEI NATURAL, por isso raramente vai contra a doença, que é uma ação fisiológica do corpo, mas sim a favor da Saúde; não pretende anular sintomas, mas sim despertar no doente a sua habilidade para restaurar a saúde. Cada um de nós tem essa capacidade, todos temos um "medico interior", que não é um anjo, ou uma entidade, é algo muito concreto e cientificamente conhecido - o nosso sistema imunitário.

A nossa primeira necessidade é manter o Estado da Saúde, para isso precisamos de entender as necessidades do corpo em termos de alimento, de ar, de agua, de luz, de atividade, de descanso, de sono, de limpeza, vida saudável, de trabalho, de roupa, de amor....precisamos de saber como ajustar estes fatores de Vida de forma a mantermo-nos saudáveis ou a recuperar a saúde quando estamos doentes.
É necessário uma educação que vá no sentido da Saúde, é necessário aprendermos a viver em harmonia com a LEI NATURAL.